Usiminas deve ser a maior beneficiada com os aumentos no setor do aço

Um relatório divulgado na semana passada pela Citi Corretora sobre as expectativas do segmento do aço para 2017 apontaram que a Usiminas deve ser a empresa que melhor se sairá neste ano, tanto no mercado interno quanto externo.

 

Os dados mostraram que o setor automotivo, um dos mais afetados com a crise no setor, deverá ter crescimento de 25%, enquanto que as distribuidoras de aço elevarão suas demandas em cerca de 8% a 10%.industrial-monument-1700704_1920

“Se uma elevação de 25% for implementada, isto representaria um upside potencial de 15% para nossas estimativas. A probabilidade de uma elevação de preços maior para o setor automotivo se elevou por conta do atual nível global de preços do aço. A Usiminas seria a mais beneficiada novamente dado que 30% de suas vendas são para o setor automotivo”, explicou Thiago Ojea, analista da Citi.

 

O estudo também levou em conta a alta dos preços que o segmento está passando. A China elevou seus preços no fim de 2016 e o restante do mercado seguiu na mesma linha. No começo de janeiro a Usiminas, CSN e a ArcelorMittal também anunciaram o aumento dos preços.

 

O relatório informou ainda que para cada 5% de alta no preço, o Ebitda (Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization) da Usiminas cresce cerca de 27%, enquanto o da CSN aumenta bem menos, cerca de 15%.

 

 

Faça seu comentário

Copyright @ 2018 Sirius Metais - Política de Privacidade | Mapa do Site | Catálogo Virtual

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!