Nippon Steel crê em melhora no consumo do aço no Brasil

A siderúrgica japonesa Nippon Steel & Sumitomo Metal (NSSMC), que é uma das acionistas controladoras da Usiminas acredita em crescimento no consumo do aço no Brasil.

 

Apesar de vislumbrar um mercado favorável para os próximos anos a siderúrgica japonesa crê que é preciso, primeiro, que a política brasileira estabilize.

 

O diretor para o setor das Américas da NSSMC, Kazuhiro Egawa, é quem aposta nessa melhora.

 

“Para a economia brasileira melhorar ela precisa de investimentos em infraestrutura”, disse o executivo.

Egawa analisa que a projeção otimista de crescimento do setor no Brasil é baseado principalmente em dois fatores.

 

Primeiro, o crescimento populacional do Brasil e, em segundo, o consumo ainda pequeno de aço por habitante no país, o que dá margem para crescimento do mercado nos próximos anos.

 

Contudo, para que o cenário se torne amplamente favorável é necessário atrair capital externo, uma vez que as cidades e estados não possuem grandes valores para investimentos.

 

Apesar de todas as dificuldades que o Brasil ainda apresenta a NSSMC está otimista sobre o futuro do mercado na região.

 

A siderúrgica é uma das maiores do mundo, com mais de 27 mil patentes em 70 países. A NSSMC investe anualmente cerca de R$2 bilhões em pesquisa e desenvolvimento de produtos e soluções.

Faça seu comentário

Copyright @ 2018 Sirius Metais - Política de Privacidade | Mapa do Site | Catálogo Virtual

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!