Mercado do aço continua igual ao de um ano atrás

O mercado do aço no Brasil continua praticamente o mesmo ao de um ano atrás, conforme revelam números do Instituto Aço Brasil.

 

A demanda brasileira por aço voltou ao mesmo nível, o que torna o consumo aparente em abril o menor desde janeiro de 2016.

 

Dados sobre o índice que reúne produtos nacionais e importados mostram que houve queda de 9,1% sobre o mesmo mês do ano passado, atingindo 1,36 milhão de toneladas.

Mercado Estagnado

“O governo tem propagandeado a retomada da economia, mas para nós, e outros setores também, ela simplesmente não chegou. Tenho dito isso aos interlocutores em Brasília”, reclamou Marco Polo de Mello Lopes, Presidente-Executivo do Instituto Aço Brasil em entrevista.

 

Além disso, as usinas brasileiras estão perdendo mercado. Na mesma comparação, as vendas internas caíram 12,8% em abril e atingiram 1,21 milhão de toneladas. Ao mesmo tempo, a importação subiu 36,6%, para 153 mil toneladas.

 

Já a participação do aço importado aparece acima de 10% desde agosto, apesar de ter diminuído de 15,3% em março para 11,3% no mês passado.

 

Segundo Lopes, a situação financeira das siderúrgicas poderia melhorar consideravelmente caso houvesse compensação pelo Reintegra (programa de retorno de resíduo tributário a exportadoras).

 

Essa ação daria sequência aos bons índices de exportações brasileiras de aço. Só em abril a quantidade exportada subiu 30,3%.

 

Com os recentes acontecimentos em Brasília e na política brasileira há temores sobre como pode ficar a situação da economia e, consequentemente, do mercado do aço de agora em diante.

 

Faça seu comentário

Copyright @ 2018 Sirius Metais - Política de Privacidade | Mapa do Site | Catálogo Virtual

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!