Indústria fecha 2013 com queda, diz CNI

30/01/2014 | DCI

 

 

A indústria da construção encerrou o ano de 2013 com queda na atividade, aponta a Sondagem Indústria da Construção divulgada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Em dezembro, tanto o indicador de evolução do nível de atividade quanto o de atividade efetivo em relação ao usual ficaram abaixo de 50 pontos, ambos 44,5 pontos, o que mostra desaquecimento. O índice do número de empregados no setor foi de 45,2 pontos, também abaixo da linha dos 50 pontos.

 

A Utilização da Capacidade de Operação (UCO), que mede o percentual utilizado no mês do volume de recursos, mão de obra e maquinário, reforça o cenário de retração. O indicador recuou de 70% em novembro para 69% em dezembro. Foi a segunda queda consecutiva do indicador, destaca a CNI.

 

De acordo com a pesquisa, a indústria da construção teve em 2013 o pior desempenho desde 2010. “O indicador de evolução do nível de atividade efetivo em relação ao usual situou-se abaixo dos 50 pontos durante todo o ano”, diz a Sondagem. A média do indicador no ano passado foi de 44,7 pontos.

 

A dificuldade de acesso ao crédito é apontada pelo economista da CNI, Danilo Garcia, como um dos fatores que explica o fraco desempenho do setor em 2013. O indicador de acesso ao crédito fechou o quarto trimestre do ano em 41,9 pontos. O indicador médio do ano foi de 43,2 pontos, menor do que os 47,6 pontos de 2012 e os 50,4 pontos registrados em 2010.

Faça seu comentário

Copyright @ 2018 Sirius Metais - Política de Privacidade | Mapa do Site | Catálogo Virtual

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!