EUA anunciam sanções de até 190% sobre aço chinês

Em anúncio na semana passada o Departamento de Comércio dos Estados Unidos divulgou que fará sanções que variam entre 63% até 190% sobre produtos siderúrgicos da China. A medida, segundo o governo americano, vem após o país ter realizado investigações antidumping e antisubsídios.

 

A China rebateu veementemente essas medidas e se disse decepcionada e injustiçada com o ocorrido. Os chineses informaram que esperam que o EUA volte atrás dessa decisão.

USA-e-China

O Diretor do Departamento de Investigação Comercial do Ministério de Comércio da China, Wang Hejun, contestou os métodos da investigação conduzida pelo governo americano.

 

“Os Estados Unidos violaram as normas da Organização Mundial do Comércio ao rejeitar as várias provas apresentadas pelas companhias chinesas e as trataram de maneira injusta simplesmente porque são empresas de propriedade estatal”, disse Hejun.

 

Antes mesmo de assumir a presidência dos EUA, Donald Trump já havia demonstrado que seu governo tomaria medidas rígidas contra o mercado chinês, com tarifas de até 45% sobre os produtos da China. Entretanto, ele ainda não tomou decisões sobre essa situação.

 

Hejun finalizou seu discurso citando que os problemas no setor do aço não serão resolvidos com medidas protecionistas, em clara alusão às políticas de Trump, mas sim se houver cooperação global para solucioná-las.

Faça seu comentário

Copyright @ 2018 Sirius Metais - Política de Privacidade | Mapa do Site | Catálogo Virtual

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!