Especialistas analisam situação econômica mundial

Durante o 26º Congresso Brasileiro do Aço em São Paulo o professor de Práticas de Gestão da INSEAD, uma das maiores escolas de negócios do mundo, o português José Santos, comentou sobre diversos assuntos relevantes para o futuro econômico do mundo moderno. Junto do português o senador Ricardo de Rezende Ferraço e o economista Caio Megale debateram a situação financeira do Brasil e do mundo.Economia Mundial

Na explicação de Santos, ele dissertou sobre a situação da Grécia, que vive uma gigantesca crise econômica, ao comentar que as economias locais e regionais continuam como as mais importantes. O professor ainda ressaltou que uma nova ordem global está em construção, o que torna necessário que os países e as empresas criem outras formas de gestão para se adaptarem aos novos tempos. Para ele, países como o Brasil e a China levam vantagem sobre concorrentes por terem mercados internos considerados grandes.

 

O Brasil, segundo o senador Ferraço, necessita aproveitar melhor as oportunidades mundo afora repensando sua atual política externa. Ele acredita que há uma divisão na América do Sul entre os países banhados pelo Oceano Pacífico, que olham para o futuro, e os países banhados pelo Oceano Atlântico, que ainda enxergam o mundo pelo retrovisor.

 

Megale viu com otimismo a situação econômica do mundo. Apesar da crise, ele destacou a recuperação dos EUA, China e Europa, mesmo com a situação crítica vivida pelos gregos. O economista destacou a volatilidade da bolsa chinesa e a possibilidade dos EUA aumentarem as taxas de juros em breve como dois fatores que podem afetar os países emergentes em um curto espaço de tempo, incluindo o Brasil.

Faça seu comentário

Copyright @ 2018 Sirius Metais - Política de Privacidade | Mapa do Site | Catálogo Virtual

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!