Drywall: eficiência em aço

O amplo mercado da construção civil é composto por segmentos dos mais diversos. A cada edição de feiras do ramo, conferências, ou eventos, são apresentadas novas fórmulas cujo intuito é mudar e moldar a visão de futuro quando o assunto é construção.

 
Até pouco tempo uma das justificativas que o próprio mercado dava para a não utilização dos perfis de drywall era de que o material saía mais caro do que construir de maneira convencional. Hoje, com o mercado dos perfis cada vez mais forte os custos praticamente se equivalem. A construção em alvenaria, por exemplo, perde cerca de 30% do material comprado, que resulta em entulho. O drywall não tem esse problema porque é um produto vendido com mais exatidão técnica.Drywall eficiência em aço
Segundo divulgou o Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA) a Inglaterra é um dos países que mais utiliza aço para construir, cerca de 67%. O EUA também é forte no setor e constrói em torno de 58% de suas obras em aço. A CBCA apresentou estudos que apontaram que o mercado de estruturas de aço no país foi responsável por quase 80% de construções em shoppings, galpões, edifícios e empreendimentos industriais nos últimos anos.

 
O Gerente Comercial da Sirius Metais, Marcelo Micali, explica que a construção em aço é muito mais vantajosa porque alia diversos fatores importantes e, por isso, tem despertado o interesse das construtoras. “A obra em drywall é mais rápida, produz pouca sujeira e ainda traz benefícios como o isolante térmico e acústico. O conceito dele é diferente das de outras construções e, por conta disso, tem demorado mais para ser aceito completamente, embora já ocupe um importante espaço no mercado”.

 
Quem desejar utilizar perfis de drywall em sua obra deve se informar que o produto exige uma montagem técnica extremamente precisa. Ao contrário da alvenaria, não há como fazer um “remendo” para cobrir um buraco, por exemplo. Ou colocar um tijolo ali e outro aqui por conta própria para levantar uma parede. Com o drywall somente profissionais especializados, com formação em montagem deste tipo de produto é que podem trabalhar na obra. “É importante salientar que a alvenaria também exige que seja feita por profissionais formados, o que não é muito comum no Brasil por conta da cultura que desenvolvemosnesse mercado. Com o drywall qualquer centímetro a mais ou a menos faz diferença, é tudo muito técnico, o que exige um conhecimento mais amplo do profissional”, ressalta Micali.

 
Mesmo em um momento de instabilidade na economia brasileira, os perfis de drywall ainda são considerados pelos profissionais do setor do aço como um produto de boa saída. “Outros produtos chegaram a cair nas vendas, contudo, tivemos 12% de acréscimo quando o material é o drywall”, explica a representante comercial Tatiane Franco.
Para ler a matéria completa CLIQUE AQUI!

Faça seu comentário

Copyright @ 2018 Sirius Metais - Política de Privacidade | Mapa do Site | Catálogo Virtual

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!