CSN pode fazer parceria com gigante chinesa

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) estuda viabilizar uma parceria com a gigante chinesa China Communications Construction Company (CCCC), especializada em infraestrutura.

 

O objetivo seria fazer com que a participação da CSN na construção da ferrovia Transnordestina, que fará a ligação entre Ceará, Piauí e Pernambuco, diminuísse, passando essa obrigação à estatal chinesa.

Transnordestina 2

A informação ganhou força nos últimos dias. É fato que a CSN de Benjamin Steinbruch possui relação desgastada com os sócios desta obra, no caso, a estatal Valec.

 

A obra está parada e, em janeiro, o Tribunal de Constas da União (TCU) determinou a também paralisação dos repasses financeiros, haja visto que há diversas irregularidades.

 

Segundo informação do jornal O Estado de São Paulo, o governo estaria disposto a continuar a obra sozinho. O entrave é que a Valec não atua neste projeto como empresa pública.

 

Até o momento já foram gastos cerca de R$6 bilhões na obra da Transnordestina. O orçamento total prevê gastos pouco acima dos R$11 bilhões.

 

Com o projeto pronto a expectativa era facilitar os negócios entre os principais estados do Nordeste do Brasil.

Transnordestina

 

Faça seu comentário

Copyright @ 2018 Sirius Metais - Política de Privacidade | Mapa do Site | Catálogo Virtual

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!