Corda de aço é usada por equilibrista ao atravessar praça a 69 metros de altura em Minas Gerais

O aço fez parte de um evento curioso que divertiu e alarmou ao mesmo tempo quem passava pela Praça Sete, em Belo Horizonte, em Minas Gerais na manhã de ontem.

 

Um homem desconhecido atravessou a praça entre dois prédios que ficam em suas extremidades ao andar por ela sob uma corda de aço a 69 metros de altura, em uma distância de cerca de 100 metros.

Corda-de-Aço-Equilibrista

Após o alarde a população local ficou sabendo que se tratava de uma gravação para um clipe de uma banda e que havia autorização da Prefeitura.

 

O homem provavelmente se inspirou no famoso equilibrista francês Philippe Petit, que atravessou oito vezes seguidas as antigas Torres Gêmeas em Nova Iorque em 1974, também fazendo uso de cabos de aço. A distância entre os dois prédios chegava a 400 metros.

 

Ambas façanhas só foram possíveis porque os equilibristas escolheram o aço como o recurso para suas cordas. Segundo especialistas, qualquer outro material não seria flexível e forte o suficiente para sustentar uma pessoa.

Faça seu comentário

Copyright @ 2018 Sirius Metais - Política de Privacidade | Mapa do Site | Catálogo Virtual

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!