China pretende reformular área siderúrgica do país

Um plano ousado será colocado em prática por quatro grandes empresas da China do ramo da siderurgia por volta de junho deste ano, com o objetivo de reformular o sistema siderúrgico do país.

 

A China Baowu Steel Group’s Hwabao Investment, A US-China Green Fund, a WL Ross e a China Merchants Finance Holdings serão as empresas responsáveis pelo processo, que terá aporte financeiro na casa de 5,88 bilhões de dólares.

Reformulação Aço China

A ideia principal é que o fundo consiga auxiliar a indústria siderúrgica chinesa na eliminação do excedente de aço, além de promover a cooperação internacional e acelerar a reestruturação do setor.

 

O fundo também é uma tentativa de resolver os problemas apresentados pelo Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China, que apresentaram que nos próximos cinco anos a fabricação de aço bruto em toneladas deve ser diminuída.

 

Entretanto, a previsão é que até o fim de 2020 as dez principais indústrias siderúrgicas chinesas passem dos atuais 34% de produção total no país para incríveis 60%, fator que desencadeou um alerta para todo o setor na China.

2 respostas a China pretende reformular área siderúrgica do país

  1. Carlos disse:

    Se existe excesso de aço, porque as telhas de aço galvanizado têm sofrido altas consecutivas?

    • Sirius Metais disse:

      Carlos, boa tarde.
      Existem duas principais explicações para sua pergunta.
      Não se fala em excesso de aço no Brasil, apenas na China, por isso o aço importado para cá ou produzido aqui não tem redução de valor.
      Além disso, o aço galvanizado possui zinco em sua composição, que é uma commodity, e por isso tem reajuste de preço frequentemente, encarecendo o produto final.

Faça seu comentário

Copyright @ 2018 Sirius Metais - Política de Privacidade | Mapa do Site | Catálogo Virtual

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!