26º Congresso do Aço discute situação do setor

Congresso do Aco Jul 2015 702

Organizado pelo Instituto Aço Brasil (IABr), a 26ª edição do Congresso do Aço reuniu no mês de julho, no Transamérica Expo Center, em São Paulo, nomes do setor nacional e internacional para debater questões que envolvem o mercado nos próximos meses.

 

Os congressistas analisaram os aspectos do novo quadro da economia mundial, tendências e programas de sustentabilidade, onde a Sirius Metais foi representada pelo Engenheiro e Gerente Comercial da empresa, Marcelo Micali. A empresa, inclusive, foi a única presente no congresso que atua no ramo de telhas metálicas e perfis de drywall. “O congresso foi importante por nos trazer as perspectivas da cadeia do aço e para apresentarmos nossa empresa aos empresários que ainda não nos conheciam”, explica Micali.

 

A atual crise político-econômica do Brasil, o crescimento da China e suas exportações e as questões de sustentabilidade dominaram os assuntos em debate.

O Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto, abriu o congresso mostrando otimismo sobre a situação econômica do país. Segundo o Ministro, o Brasil pode voltar a crescer por meio da indústria e prevê superação da crise com expectativa de superávit de 1,2%, quadro considerado por ele como realista.

 

O Diretor do Instituto Aço Brasil e Presidente da ArcelorMittal Brasil, Benjamin Mario Baptista, acredita que a pior fase da crise ainda está por vir, quando deve, segundo ele, atingir forte as siderúrgicas do país.

 

Congresso do Aco Jul 2015 737

Além de Baptista, o executivo Jefferson de Paula, Presidente da ArcelorMittal Aços Longos para as Américas Central e do Sul afirmou que até 2012 a empresa atuava com até 95% de sua capacidade e que, atualmente, despencaram para 60%. “Estimamos que, da forma que vinha o mercado, precisaríamos em 2015 de mais 600 mil toneladas para manter nosso market share”.

 

O Presidente da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Benjamin Steinbruch, em conversa com jornalistas pouco antes do congresso, destacou que pode optar em vender alguma parte da Usiminas ainda este ano. “Temos que olhar para uma realidade de juros em alta e temos de ter cuidado com o nível de endividamento”, explicou Steinbruch.

 

Outros empresários do mercado brasileiro e internacional participaram do 26º Congresso do Aço. Entre eles nomes importantes do setor, como Jorge e André Gerdau, dois dos proprietários da Gerdau, Marco Polo de Mello Lopes, Presidente Executivo do Instituto Aço Brasil, Haiwan Yang, sócia do Instituto China-Índia, Nick Sowar, líder global do setor de metais da Deloitte, Edwin Basson, Diretor Geral da World Steel Association, Stephen Duck, Consultor de matérias primas da CRU e Peter Poppinga, Diretor Executivo de Ferros da Vale.

 

Segundo a organização do evento participaram do congresso cerca de 500 profissionais. A ExpoAço, tradicional feira de negócios do setor, aconteceu em paralelo com a exposição de produtos, tecnologias e serviços de 20 expositores.

Faça seu comentário

Copyright @ 2018 Sirius Metais - Política de Privacidade | Mapa do Site | Catálogo Virtual

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!